• BSP Consulting

Recupere o smartphone antigo, com sinais de velhice e pouca velocidade

Atualizado: 17 de Dez de 2019

Tal como acontece com os computadores, também os smartphones podem ficar atulhados sob camadas de software, tais como: aplicações, ficheiros e processos que são executados em segundo plano quando já têm algum tempo de uso. Isto faz com que fiquem mais lentos, ou pior: completamente inutilizáveis.

Se o problema não estiver relacionado com uma falha de hardware, as perdas de desempenho podem normalmente ser remediadas através de atualizações ou através da remoção de alguns elementos do software do telefone.


Saiba como pode dar uma nova vida a um smartphone antigo para que possa continuar a ser usado durante mais tempo sem problemas.

Atualize o software de sistema

Uma atualização para a última versão do Android ou iOS dá-lhe a hipótese de poder utilizar as últimas versões otimizadas das suas aplicações, jogos e serviços.

  • Quer esteja a utilizar um smartphone com Android ou com iOS, para ver como atualizar o sistema escreva “Atualizar” ou “update” no campo de busca e siga as instruções.

Atualize as aplicações

As atualizações servem normalmente para corrigir erros e adicionar novas funcionalidades mantendo-as otimizadas para a maioria dos dispositivos onde são utilizadas.

  • No smartphone Android aceda à aplicação da Google Play Store, dê um toque nas três linhas horizontais e escolha a opção “As minhas aplicações e jogos” (My apps and games); no ecrã seguinte irá aparecer um botão que diz “Atualizar tudo”, selecione-o.

  • No caso dos dispositivos iOS, aceda à App Store e toque no botão “Atualizar tudo”.

Desligue as atualizações automáticas

As atualizações necessitam de bastante poder de processamento. O smartphone tem de as descarregar e descompactar, verificar se está tudo bem e depois instalá-las e criar o respetivo atalho. Alguns ficheiros de atualização são significativamente maiores do que as próprias aplicações que estão a ser atualizadas.

  • No Android, aceda às definições da app da Google Play Store, escolha “Atualizar aplicações automaticamente” e depois “Não atualizar automaticamente”. Algumas versões do Android não permitem desligar as atualizações automáticas, por isso procure por essa função através do campo de busca do telefone.

  • No iPhone, escolha a opção “iTunes & App Store” nas definições de sistema e desligue o interruptor junto a “Atualizações”.

Limpe a cache do browser

A cache dos browsers serve para que alguns elementos comuns das páginas que visita não tenham de ser descarregados cada vez que as consulta. Contudo, com o tempo, as pastas ficam cheias de ficheiros que não são utilizados e ocupam muito espaço.

  • Abra o Chrome, tanto em iOS como Android, e aceda às definições; selecione “Privacidade” e depois “Limpar dados do browser”, onde pode escolher o tipo de dados que quer apagar.

  • Se usa o Safari no iPhone, aceda às definições do telefone, escolha a opção “Safari”, e depois toque em “Limpar histórico dos websites”.

Remova aplicações

Tanto o iOS como o Android têm menus que lhe permitem aceder a opções de visualização da quantidade de memória que está a ser ocupada e com o quê. Esta deve ser a sua primeira paragem antes de remover seja o que for para ter uma ideia concreta sobre que aplicações estão a ocupar mais espaço.

  • Em caso de Android pesquise pela opção “Armazenamento” ou “Manutenção do dispositivo”, dependendo da marca do smartphone

  • Em iPhone, o SO descarrega automaticamente a app da memória do dispositivo quando não é utilizada há algum tempo, mas o ícone continua presente e se tocar nele a app é instalada automaticamente. Esta funcionalidade pode ser ligada ou desligada através do menu ‘Geral’ das definições num item chamado ‘Armazenamento do iPhone’.

Instale uma versão “light” das aplicações que usa habitualmente ou, em alternativa utilize “web apps”

As aplicações “light” ocupam muito menos recursos e apresentam o mesmo conteúdo, mas com menos qualidade.

  • Se tiver um smartphone Android, instalar uma destas aplicações é muito simples: basta aceder à loja de aplicações, procurar as seguintes aplicações e instalá-las como é hábito.

Reposição de fábrica

Quando faz uma reposição de fábrica toda a memória do dispositivo é apagada incluindo os seus dados, como as fotografias e vídeos, aplicações e todos os ficheiros criados por elas e pelo sistema operativo. Por isso, antes de repor o dispositivo terá de copiar tudo aquilo que não quiser perder. Pode ser para uma pasta na cloud ou para o computador.

  • Tanto no iPhone ou como no Android procure a palavra “reposição” ou “reset” através do campo de busca que está no ecrã de definições. Basta ir seguindo as instruções dadas, que oscilam entre “Repor telefone” e “Apagar todos os dados”.


#dicabspconsulting

#smartphone

#aplicacoes


9 visualizações

 E-mail: info@bspconsulting.pt   |   Tel: 214 137 410   |   Rua General Ferreira Martins 10 7C 1495-137 Algés - Lisboa (Portugal)

LOGObsp2negativo.png